Serviços Realizados a Domicílio

VACINAS PARA CÃES

A primeira vacina é a polivalente (protege contra cinomose, parvovirose, hepatite viral canina, adenoviros, influenza, coronavirus e 4 leptospiroses) e deve ser admistrada aos 45, 75 e 105 dias, após fazer reforço anualmente para polivalente e semestralmente para fração da leptospisore.

As outras vacinas são da giardia, raiva, gripe canina (ou tosse dos canis) e leishimaniose. A primovacinação da giardia deve ser feita com um intervalo de 21 a 30 dias, geralmente junto com a segunda e terceira polivalente, com reforço anual. A gripe canina é uma vacina que tem duas formas de aplicação: a intranasal – dose única e injetável – primovacinação com duas doses em intervalo de 21-30 dias e reforço anual, geralmente aplico junto com a raiva, aos 135 dias de vida. E, enfim, a leishimaniose: é um caso a parte, pois deve-se fazer o exame sorológico antes e primovacinação com três doses em intervalos de 21-30 dias e reforço anual.

Algumas doenças que são prevenidas com o uso dessas vacinas:

  • Cinomose
  • Hepatite Infecciosa Canina
  • Adenovirose
  • Coronavirose
  • Parainfluenza Canina
  • Parvovirose
  • Leptospirose Canina
  • Giárdia
  • Tosse dos Canis
  • Raiva

Após o período inicial de vida do animal (4 meses)  ele deve passar pelo reforço de vacinas anualmente, o período de imunização varia de acordo com o meio em que o animal vive e também com a doença específica.

RECOMENDAÇÃO DE VACINAÇÃO PARA CÃES SAUDÁVEIS

A vacinação para filhotes deve ter início em 6 a 8 semanas de idade, para prevenção contra Cinomose, Hepatite Infecciosa Canina, Adenovirus Canino Tipo 2, Coronavírus Canino, Parainfluenza Canina, Parvovírus Canino e Leptospirose canina (Polivalente). Deve-se realizar no mínimo 3 doses da vacina com repetição em 3 a 4 semanas.

É recomendada a realização da vacina contra “gripe canina” proteção contra Bordetella bronchiseptica e da vacina contra giárdia, sendo necessário duas doses de cada vacina, e depois de 4 meses de idade para a vacina contra Raiva, apenas uma

Os animais devem ser vacinados anualmente com uma dose de cada vacina (Polivanlente, gripe, giárdia e anti-rábica). Para os cães que vivem em áreas endêmicas para leptospirose ou tem contato com roedores, é recomendado o reforço da vacina contra leptospirose semestralmente.

Este período de vacinação e o reforço anual podem ser determinantes na qualidade de vida do seu animal de estimação e é o principal ponto de trabalho da medicina veterinária preventiva para pequenos animais.

As vacinas são eficazes em animais sadios, contudo sabe-se que alguns animais são incapazes de desenvolver ou manter uma adequada resposta imune após vacinação. Alguns fatores que colaboram na falha vacinal podem ser doença infecciosa incubada, má nutrição, estresse, condições ambientais adversas, animais imunocomprometidos e vacinação fora das indicações.

Confira abaixo a idade e vacina indicada

6-8 Semanas – 1ª dose Polivalente

10-12 Semanas – 2ª dose Polivalente + “Gripe”

14-16 Semanas – 3ª dose Polivalente + Giardia

18-20 Semanas – Anti-rábica + Giardia

VACINAS PARA GATOS

Para os felinos se indica 2 a 3 doses da vacina tríplice ou quádrupla, o período de vacinação deve ser iniciando aos 2 meses e repetindo com intervalos de 3 a 4 semanas, até que o bichano complete 12 semanas de vida. Da mesma forma que os cães os felinos necessitam adquirir anticorpos para lidar com algumas doenças que podem ser fatais.

Algumas doenças prevenidas:

  • panleucopenia felina
  • calicevirose
  • rinotraqueíte
  • clamidiose
  • leucemia felina

Os gatos necessitam de reforço anual das vacinas tríplice ou quadrupla e também da vacina contra raiva.

RECOMENDAÇÃO DE VACINAÇÃO PARA GATOS SAUDÁVEIS

A vacinação para filhotes deve ter início em 6 a 8 semanas de idade, para prevenção contra Rinotraqueíte, Calicivirose, Panleucopenia conhecida como tríplice

Esta vacina deve ser repetida em 4 semanas e quando o gato completar 4 meses de idade deve ser vacinado contra raiva. A partir de então o animal é vacinado anualmente com uma dose da vacina tríplice felina e uma dose da vacina anti-rábica.

Este período de vacinação e o reforço anual podem ser determinantes na qualidade de vida do seu animal de estimação e é o principal ponto de trabalho da medicina veterinária preventiva para pequenos animais.

As vacinas são eficazes em animais sadios, contudo sabe-se que alguns animais são incapazes de desenvolver ou manter uma adequada resposta imune após vacinação. Alguns fatores que colaboram na falha vacinal podem ser doença infecciosa incubada, má nutrição, estresse, condições ambientais adversas, animais imunocomprometidos e vacinação fora das indicações.

Confira abaixo a idade e vacina invicada

8 Semanas – 1ª Dose Tríplice Felina

12 Semanas – 2ª Dose Tríplice Felina

16 Semanas – Anti-Rábica